Sexta-feira, 23 de Janeiro de 2009

Sei que tenho andado muito ausente mas na verdade não encontrava um bom motivo para vir aqui escrever. Acho que ás vezes os acontecimentos da vida poderiam ser motivo para escrever e para desabafar também. 

 

Como é o primeiro post de Novo Ano, o Natal correu bem e a passagem de Ano também. Algumas idas às urgências com a florzinha e restante família, mas isso fez parte da época-gripe.

 

Muitas prendinhas no sapatinho principalmente para a florzinha, os meus pedidos foram concretizados: um Ulmeiro bonsai e o jardim Zen, ambos muito esperados à já muito tempo.

O ulmeiro já tem folhinhas novas e espero saber cuidar deste bonsai (depois ponho aqui fotos).

 

Mas na verdade vim aqui mais para desabafar, escrever, escrever qualquer coisa. Um nova palavra surgiu no meu vocabulário: Alzheimer. Foi confirmada esta doença à minha mãe.  Ela não está ao pé de mim, quis o destino que nos separássemos por motivos profissionais. Sempre que podia ia vê-la e os sinais da dita doença eram notórios à já algum anos. Mas a confirmação só agora chegou. Estou sem chão! Um choque, muitas lágrimas, parece que nada faz sentido. Muitas dúvidas, muita dor, muita revolta, impotente.... sem palavras.

 

Na verdade é minha madrasta mas sempre minha mãe. Não conheci outra. Sempre lhe ouvi dizer que "Parir é dor e criar é Amor". Resumindo "filhos fora do casamento". Naquele tempo, contra tudo e contra todos, ela aceitou-me como filha. Já sendo avôs,à 35 anos atrás, fui criada com todos os direitos que tinham os filhos e os netos. Já com os filhos criados, casados e a cuidar dos netos, eis que chega mais uma, pequenina e sem culpa de nada.

Homem de coragem o meu Pai. Mulher de coragem a mulher que hoje chamo Mãe.

Dava tudo para agora poder ser eu a cuidar dela. Mas a vida não me permite. Era altura de inverter os papeis: ela cuidou de mim e agora eu cuidava dela. No momento está mais perto de mim, a 50 km de distancia. Durante o dia, num Centro de Dia, à noite com a minha irmã e todos os dias no meu pensamento e no meu coração.

 

Não consigo escrever mais. Tenho os olhos cheio de lágrimas e um sentimento de impotência perante tudo.

 

 

 

 

 


Assim me sinto Sem sentido, sem chão...
tags: ,

publicado por 1000íris às 11:43 | link do post | comentar

2 comentários:
De Ameixa/Xana a 23 de Janeiro de 2009 às 14:00
1000Íris compreendo a tua dor. É de fcato muito díficil ver os nossos familiares doentes. Principalmente quando é uma doença que ainda não tem cura. Mas o tratamento para que não avance pode ajudar muito. Tem força e coragem para enfrentar esta barreira. Muitos abraços!


De 1000íris a 2 de Fevereiro de 2009 às 11:02
Olá, desculpa só agora responder, mas está tudo a correr bem, melhor que o esperado.
O choque foi muito grande mas ela está serena com a nova vida, apesar de não nos conhecer por momentos mas depois lá se recorda.

Obrigada
Boa semana


Comentar post

mais sobre mim
Abril 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30


Março
"Quando em Março ventoso, Abril sai chuvoso"
As minhas visitas
posts recentes

Feliz Páscoa

E porque hoje é Sexta...

Eu estou solidária...

.......

A sexta - feira 13...

E tinha razão...

Quase tudo ...

Resumo da semana ...

Eu odeio...

Resumo do fim de semana

arquivos

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Março 2007

tags

adega

agricultura

alfazema

amizade

aniversário

ano novo

apresentação

árvore

avisos

boas festas

bolbo

bolbos

bom ano

cancro

castanhas

coelho

coisas boas ....

conservação

descanso

doce

doenças

esperança

euromilhoes

ferias

festa

fim de semana

flor

flor de cacto

flores

frésias

frio

função pública

génio

herpes

horóscopo

imagem

inveja

jardim

jogos

lábios

melhor canção de amor

natal

natureza

novembro

par

páscoa

pessoas

plantas

plantas de interior

pouca sorte

prendas

presentes

prevenção

primavera

receita

regresso

renascer

s.martinho

saudade

sexta

sexta-feira 13

simpaticas

sina

sinais

solidariedade

sonhar

sorte

tempo

teoria

trabalho

tulipas

uva

uvas

vida

vindima

vinho

virose

todas as tags

favoritos

Rei Morto... Rei Posto!

links
Março
"Quando em Março ventoso, Abril sai chuvoso"
blogs SAPO
subscrever feeds